Mascote Portal Paraíba

Publicado em 10/03/2016 às 21:22:03

Comissão externa da Câmara aponta falhas do governo no combate ao zika vírus

A comissão externa da Câmara dos Deputados que acompanha ações de combate ao zika vírus apontou falhas na política do governo.

O colegiado já se reuniu com a equipe multidisciplinar do governo federal responsável por coordenar ações com as secretarias estaduais de saúde, e essas com os municípios.

O coordenador do colegiado, deputado Osmar Terra (PMDB-RS), criticou em reunião, nesta quinta-feira (10), a falta de dados que comprovem o resultado prático das ações.

"É que ainda não tem uma avaliação do resultado desse esforço todo. Botou tropa na rua, gente visitou de casa em casa, mas quantos focos de mosquito isso diminuiu? Como está sendo feito o levantamento Lira, que é o levantamento da infestação dos mosquitos, e como se pode detectar a redução desses focos? Essas coisas ainda estão faltando”, observa o parlamentar.

“Tem uma proposta muito bonita, mas falta o resultado prático disso”, resume Osmar Terra. “Eu particularmente acho que esses centros de crise teriam que estar reforçados politicamente. Está muito nas mãos dos técnicos. Tecnicamente está muito bom, mas toda semana deveria ter uma reunião de ministros para discutir o zika."

Sem recursos para pesquisa
O deputado Osmar Terra também aponta falta de recursos, principalmente em pesquisa: "A presidente disse que não está faltando dinheiro, mas está: nos centros de pesquisa. Inclusive, o pesquisador que descobriu o zika está dizendo que não tem dinheiro para manter o freezer funcionando."

Audiências e viagens
Na reunião de hoje, a comissão aprovou requerimentos para a realização de audiências públicas sobre o tema. Serão pelo menos quatro até o fim dos trabalhos: uma para debater os riscos do vírus zika na saúde das gestantes e os casos de microcefalia; outra para ouvir a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e a Defesa Civil; e uma última pra ouvir o Ministério da Integração.

Integrantes da comissão externa vão a Salvador no próximo dia 18. A capital baiana é o município com mais casos do vírus zika. A comissão também deve ir à Paraíba, no dia 28, estado com maior número de casos proporcionalmente à população.

Também serão marcadas viagens a Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro e Sergipe. Já Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde não há casos de zika vírus registrados, também serão visitados pela comissão, que quer saber sobre as medidas preventivas adotadas nesses estados.
Reportagem – Geórgia Moraes
Edição – Newton Araújo

Fonte: Agência Câmara Notícias`


Mascote Portal Paraíba

© 2003-2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução parcial ou total deste site sem prévia autorização.